sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Saudades !!!



Saudade (1)
Muitos foram os discípulos do
radialista (Rádios Cruzeiro do
Sul e Piratininga) e TV Tupi, Walter
Abrahão. Começou a narrar
esportes no rádio, gostou, foi
para a televisão, no tempo em
que não havia “replay”; só foi
inventado em 66, na Copa da
Inglaterra. Ele, na Tupi e Raul
Tabajara, na Record.

Saudade (2)
Inventou, antes, em 1963 o “bilance”,
cortando fitas magnéticas
com gilete e emendando nos
bastidores, para fazer o repeteco
dos lances nos altos do Sumaré.
Um belo dia o placar do Pacaembu,
ainda na concha acústica
(hoje, tobogã) apontava 0x0 num
Corinthians e Palmeiras, o derby
paulistano e ele sapecou “o placar
está oxo” – pronunciando
“ocho”, ou zero a zero.

Saudade (3)

Criou muitas outras coisas, descobriu
e lançou companheiros.
Depois, dedicou-se à política, longe
da TV e do Rádio, foi vereador
e ainda indicado para o Tribunal
de Contas do Município, que
presidiu. Aposentado, faleceu segunda
feira, na capital e o corpo
foi velado no Palácio Anchieta,
a câmara paulistana. Foi uma
das expressões do interior (mais
precisamente de Piraju, terra de
alguns ilhabelenses), passando
por Lins, o beduíno, como era conhecido
nos Associados. Descanse
em paz, Walter Abrahão.

( transcrito do jornal Canal Aberto, de São Sebastião, em 12 de agosto de 2011 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário