segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

SOU PAULISTANO ( poema do imortal Hélio Ribeiro)


video


Poema - Em homenagem a cidade e ao seu povo.


''Sou paulistano,
sou neto de italiano,
Como pizza e macarrão
mas adoro o meu feijão.



Eu sou paulistano,
gosto de preto e branco.
Tenho conta só num banco,
o meu saldo não é bom.
Trabalho muito
mas o meu pão é abençoado.
Nada tenho de roubar,
eu tenho paz no coração.


Sou paulistano,
sou amigo dos amigos,
sou amor do meu amor
e irmão do meu irmão.
Não sou pilantra
como aquele engravatado
cuja a arma é a caneta,
o famoso picareta
professor de enganação.


Sou paulistano,
tenho lá os meus defeitos
por que ninguém é perfeito,
eu gosto de futebol,
eu bato uma bola com os amigos no campinho,
como fritas com chopinho
mas não embriago não.


Sou paulistano,
eu amo esta minha terra
onde luto a minha guerra
em busca da nossa paz.
Se de repente
a cabeça não tá boa
endireito a canoa
e vou remando devagar.


Sou paulistano,
vem comigo gente boa
vamos viver e amar,
vamos cantar.


Esta é a nossa São Paulo,
São Paulo dos paulistanos,
dos filhos de italianos, japoneses,
portugueses, espanhóis,
de todas as raças.
E de nossos conterrâneos
lá do Norte, do Nordeste,
do Centro-Oeste,
do Sul.
É a cidade gigante
feita de muita gente importante
gente como eu,
como você!


Hélio Ribeiro - ( O poder da mensagem )

Nenhum comentário:

Postar um comentário