terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Radicalização tradicional - MP recomenda fechar o Beco da Lama.

Beco da lama, Carnatal e a atuação seletiva da promotoria do meio ambiente


O Beco da lama, lugar de grande efervescência cultural da cidade, está com os seus dias contados. Alegando a existência de abaixo assinado por parte de moradores incomodados com a poluição sonora gerada pelos shows, a promotora Rossana Sudário acaba de recomendar a SEMURB o fim dos eventos no local.

A sumária decisão contra o Beco – justa se estiver infringindo a lei – reflete, entretanto, atuação “seletiva” por parte da promotoria do meio ambiente.Os shows do Beco da Lama, conforme seus organizadores, terminam às 23:00hs. Se comparados as algazarras promovidas por alguns bares da Av Prudente de Morais, poderiam ser considerados festas para recém-nascidos. Moradores daquela avenida, porém, lutam há mais de dois anos contra a barulheira em vão.

Por outras palavras: O Beco da Lama vai pro brejo !

A sociedade brasileira, de Manaus ao Rio de Janeiro, de Floripa a Recife é bastante e excessiva conservadora. As autoridades, fruto de classe média conservadora, como no caso dos órgãos do Ministério Público e da Justiça, igualmente culturalmente igualmente são conservadores, portanto toda iniciativa que se diferencia, sofre medidas restritivas.

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br
( colhido da Carta Potiguar )

Nenhum comentário:

Postar um comentário