sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Sergipe também tem - PM despreparada.

Policia Militar do Estado de Sergipe quer aparecer em cima da roqueira Rita Lee. ( vergonha )


Ophir: episódio com Rita Lee confirma despreparo da polícia brasileira
segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 às 11h30

Brasília, 30/01/2012 - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, em entrevista ao jornal Correio Braziliense publicada hoje (30), criticou a ação da polícia de Sergipe, que deteve na noite de sábado a cantora Rita Lee, após um show de despedida da artista na capital, Aracaju. Para ele, o episódio só confirmou "a falta de preparação adequada da polícia, o que vai de São Paulo, onde vimos o caso Pinheirinho, até Sergipe".
Segue a entrevista do presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, ao Correio Braziliense, assinada pelo jornalista Diego Amorim:

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, avalia que o boletim de ocorrência registrado contra a cantora Rita Lee não resultará em problemas judiciais para a artista. Na opinião de Ophir, a confusão ocorrida na noite de sábado, em Aracaju, demonstra duas peculiaridades do Brasil. "Esse episódio mostra a irreverência do artista e a falta da preparação adequada da polícia, que vai de São Paulo, onde vimos o caso de Pinheirinho, até Sergipe. Isso gera situações inadequadas", destaca.

Ophir, porém, prefere não fazer críticas diretas aos policiais sergipanos, mas defende que os governos invistam numa "maior preparação" da polícia para atuar junto a multidões. "A gente não tem a dimensão exata do que ocorreu. Não posso dizer se ela passou do ponto, porque eu não estava lá. Mas é preciso haver respeito de parte a parte. A polícia precisa ser respeitada, mas é preciso se investir numa polícia mais humana e mais cidadã". (DA).

( Colhido do sítio eletronico informativo da OAB )

Nenhum comentário:

Postar um comentário