quinta-feira, 7 de junho de 2012

Sem terras ocupam fazenda em latifundio de multinacional !


A jornada de lutas do MSt/SC prosegue com ocupação de Fazenda de multinacional estadunidense em Timbo Grande
 Na madrugada do día 07 de Junho, 47 famílias Sem Terra ocuparam a Fazenda Caçador Grande, localizada a 4 km da sede do municipio, uma área de 200 he em Timbó Grande, SC.
 
No centenário da Guerra do Contestado, episódio catarinense quando famílias ficaram sem terra pela invasão de uma empresa de exploração de madeira vinda dos Estados Unidos, agora famílias recuperam uma área improdutiva, pertencente à Timbó Empreendimentos Florestais administrada operacionalmente pela Terra Master, uma empresa de origem estadunidense que encontrou no planalto catarinense uma oportunidade de lucro com a exploração do solo e da água para o monocultivo de pinos e eucalipto. A fazenda ocupada estava há muito abandonada e a ocupação foi tranquila. Agora as famílias, animadas pela conquista, estão construindo os barracos e organizando o acampamento. Mais famílias são esperadas no local e vizinhos da Fazenda afirmaram que a empresa ainda possui cerca de 10 fazendas na região semelhantes à que foi ocupada hoje.
O municipio registra um dos mais baixos indices de desenvolvimento humano do pais.
 
Santa Catarina para quem só conhece o litoral virtuoso de belezas naturais desconhece o drama de miserabilidade da região serrana e oeste. O latifundio,  a concentração de renda e de poder imperam e o drama de famílias que nem sempre tem o que vestir, para enfrentar temperaturas muito baixas a despeito do pais ser tropical e o que comer, a despeito de tanta terra e exportação de alimentos.
 
Roberto J. Pugliese
 
( colaboração - fonte -Pepe Pereira dos Santos - Timbo Grande  )

Nenhum comentário:

Postar um comentário