domingo, 4 de novembro de 2012

Pedofelia no Acre !


Vice-presidente da CNA é preso acusado de pedofilia no Acre

 

Assuero Doca Veronez, com 62 anos de idade foi preso na sexta feira última em sua casa em Rio Branco, no Acre, pela Policia Federal acusado de pedofelia. O bandido é vice presidente da Confederação Nacional da Agricultura e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre.

Ele foi preso pela PF nas primeiras horas do dia, cumprindo o mandado de prisão expedido pelo Juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude Romário Divino, de Rio Branco, Ac. O pecuarista foi encaminhado à Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Decco). Logo depois, realizou o exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal e foi enviado para o presídio de Rio Branco.

Junto com ele ainda foi preso outro pecuarista, Adálio Cordeiro Araújo, 79 anos. A perspectiva é que mais prisões sejam realizadas pela polícia nos próximos dias.

A região Amazônica regularmente oferece à sociedade brasileira escândalos desse porte, revelando que as pessoas notórias, que ocupam cargos importantes junto a sociedade civil ou cargos públicos, se investem de poderes que assumem, entendendo não ter limites nem legislação que os obrigue a respeitar.

Por atos dessa natureza, desembargadores, secretários de Estado e de um modo geral, coronéis da Amazônia já foram centro das atrações e de noticiários pela prática de atos delituosos, inclusive de natureza sexual.

Pessoalmente, há mais de vinte anos passados, no interior do Tocantins, soube de um Magistrado, de uma Comarca perdida nas divisas com a Bahia, que por gostar de nadar e querer companhia, obrigava os filhos do escrivão judicial a acompanhá-lo na travessia do rio, todas as tardes... Soube no próprio fórum da Comarca.

Infelizmente é a realidade de um país que não se resume a cidade de São Paulo e tão pouco a civilização democrática contemporânea do sudeste...

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br

( Fonte – Fabio Pontes – Terra Noticias, 02 de Novembro )

Nenhum comentário:

Postar um comentário