sexta-feira, 26 de abril de 2013

Acre: Imigrantes causam desespero !


O ACRE E AS LEVAS DE IMIGRANTES CHEGANTES.

O Secretário de Estado de Justiça do Acre, Nilson Mourão está aumentando ações emergenciais de atendimento à saúde e legalização de estrangeiros que estão entrando no país pela cidade de Basileia na sua grande maioria.
Há certo desespero por partes das autoridades locais, pois o Estado é pobre, carente e não dispõe se quer de recursos hábeis para a população local que supera um pouco aos quinhentos mil habitantes e repentinamente começou a receber haitianos, e imigrantes oriundos dos países andinos.

Dada as precárias condições para receber tantos milhares de pessoas sem recursos, as autoridades locais estão pensando em pedir auxilio a Força Nacional para que de apoio logístico as fronteiras do Peru e da Bolívia, colaborando com a Policia Federal.
Enquanto o Brasil comanda a força de paz da ONU que ocupa o Haiti,  militarmente invadido de forma disfarçada, milhares de haitianos paupérrimos que conseguem viajar, estão invadindo o Estado do Acre. Lá pelas armas e oficialmente com o respalda da ONU e aqui pela fome e desespero.

Enfim, situação paradoxal a que se constata no longínquo Estado do Acre.
Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br
Membro da Academia Itanhaense de Letras
Membro da Academia Eldoradense de Letras
Advogado sócio de Pugliese e Gomes Advocacia
Autor de Terrenos de Marinha e seus Acrescidos

Nenhum comentário:

Postar um comentário