quarta-feira, 19 de junho de 2013

Tribunal de Justiça paulista: Melhores instalações projetadas.


 
 
PRÉDIOS PARA A JUSTIÇA

O Tribunal de Justiça de São Paulo resolveu investir em prédios.Serão um bilhão e meio em obras.
O pacote inclui 36 novos fóruns em 25 municípios e um megaedifício jurídico na capital para abrigar 600 gabinetes de desembargadores e juízes da segunda instância.

Na Capital o projeto é um prédio em forma de H que prevê, nas imediações da sede do Tribunal, três torres com 24 andares e grande auditório e heliponto. Está orçado em 500 milhões. Será entre a rua Tabatinguera e Conde Sarzedas, em local no qual o Estado já promoveu a desapropriação há mais de vinte anos.
Os recursos não serão do Estado, através do Poder Executivo. O Próprio Tribunal deverá arcar com os valores previstos. Há um acordo entre o Tribunal e o Banco do Brasil S.A. no qual, há o repasse de comissões pelos depósitos lá efetuados.

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br
presidente da Comissão de Direito Notarial e Registros Públicos –OAB-Sc

Nenhum comentário:

Postar um comentário