sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Um filme histórico: Arara Vermelha, 1956-



Arara Vermelha.
 
Baseado no romance de José Mauro de Vasconcelos, foi filmado em Itanhaém, Sp, em 1956, no Bairro, um bairro no alto do rio, às margens do rio Preto, próximo à capelinha, o filme Arara Vermelha, dirigido por José Cañizares, posteriormente substituído por Tom Payne e Silvio Renoldi.

- As filmagens foram muito difíceis. Um barco naufragou, houve muita chuva na região de Itanhaém, litoral sul paulista, as condições de trabalho eram precárias e a verdade é que Audrá Jr. não confiava no produtor. Para agravar os problemas, o próprio Audrá sofreu um grave acidente de carro, quando ia para as filmagens com o filho adolescente;

- Para completar o filme foi necessário comprar cenas de um documentário sobre os índios. Até a cena do ataque das piranhas foi retirado dele;

- Anselmo Duarte, que sonhava em virar diretor, obteve a autorização para fazer um making off sobre o filme. Isto acabou lhe servindo para, logo depois, convercer os produtores a fazer seu primeiro longa,
Absolutamente Certo (1957);

- Foi o último filme dirigido por Tom Payne, que depois resolveu ser antiquário e se estabeleceu no Guarujá até seu falecimento, em 1996;

- Tom Payne aparece em uma pequena ponta, como um garimpeiro.
 
Entre os figurantes, Anatole, o russo barqueiro, residente na beira do rio, na Prainha, atuou como indígena.
 
O Expresso Vida procura cópias do filme para postar.
 
 
Roberto J. Pugliese
Presidente da Comissão de Direito Notarial e Registros Públicos –OAB-Sc
Sócio do Instituto dos Advogados  de Santa Catarina


Um comentário:

  1. Professor Roberto, suas informações sobre a filmagem são precisas. O Anatole ainda está vivo e mora na beira do Rio, na Prainha. Parabéns. Fraternal Abraço.

    ResponderExcluir