sexta-feira, 2 de maio de 2014

Uma data histórica: 23 de Maio de 1932.


MMDC: Uma parte da história que não se permite esquecer.





 

Numa tentativa frustrada de diminuição da grandeza de um povo, se propala sem se dar conta do verdadeiro conteúdo e do sentido do que se diz, que apenas as elites paulistas se voltaram contra a ditadura de Vargas.

Dizem que as elites descontentes com o caudilho manipularam a população para que fosse às ruas e pegassem em armas, justificando a revolução.

Trata-se de balela mentirosa.

Mentira que, alguns repetem por desconhecerem o que dizem e outros, para desmoralizar o heroísmo de um povo que foi traído desde os primeiros instantes que saiu à frente para lutar pela liberdade.

Portanto é preciso fazer lembrar sempre e ter na figura emblemática de Márcio, Miragaia, Drausio e Camargo, os jovens estudantes paulistas vítimas fatais dos tiros de soldados de Getúlio,  que em 23 de Maio de 1932 o povo paulista fora às ruas gritar pela democracia e por governo legítimo, dando respaldo para que lideranças, assumissem em 9 de julho daquele mesmo ano, a responsabilidade de tomar o poder espúrio usurpado pelo ditador que, derratado nas urnas, assumira o país, pelas armas e traição.

Getúlio que fora Ministro da Fazenda de Washington Luiz Pereira de Barros, derrotado nas eleições presidenciais, derrubou o presidente e impediu que o sucessor eleito,Júlio Prestes de Albuquerque, tomasse posse.

O Expresso Vida tem repetidas vezes publicado textos referentes à epopeia maior do povo paulista, motivo que indica os endereços dessas peças, para que os interessados mais uma vez as leiem e divulguem.
 
 
 
 

É  preciso que fique bastante claro que São Paulo lutou sozinho, sem ajuda de nenhum outro Estado, a despeito de ter a promessa de que, as tropas de Mato Grosso, de Minas Gerais e do Paraná, viriam para engrossar fileiras com o mesmo objetivo. Os lídres que haviam prometido tropas e material bélico para ajudar os paulistas não honraram suas palavras e deixaram São Paulo sucumbir.

Importante que todos saibam que as tropas prometidas vieram, porém para lutar em favor do ditador.

O Expresso Vida recomenda aos leitores interessados que naveguem nesses endereços, nas quais já foram publicados textos referentes a história que orgulha São Paulo.





Entre outros artigos e textos publicados no Expresso Vida os endereços acima apontam  e atestam a verdadeira história da Revolução de 1932 e o heroísmo do povo paulista.

Viva 23 de Maio de 1932 !
Viva o MMDC !
Viva São Paulo !

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br
membro da Academia Eldoradense de Letras.
membro da Academia Itanhaense de Letras.
titular da cadeira nº 35 da Academia São José de Letras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário