quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Militares violam direitos.


OAB Desagrava Advogados.

 

 Agosto de 2014, mês dedicado ao advogado, o Conselho Seccional de Santa Catarina aprovou e realizou os desagravos de dois advogados violentamente violados nas prerrogativas que dispõe para o exercício da profissão.

 

A primeira solenidade se realizou na porta da Escola Aprendiz de  Marinheiro, posto que a autoridade competente daquela repartição militar violou o direito do advogado exercer a profissão em defesa de um cidadão ali retido.

 

A outra sessão se deu na cidade de Imbituba, onde um advogado foi constrangido por policiais militares a situação vexatória no exercício da profissão.

 

Bom lembrar que a impressão patente é  que os militares no Brasil agem como ao tempo de Getúlio Vargas o ditador que não respeitava advogado ou da ditadura militar. Só que é bom lembrar que o país está vivendo democracia e se submete à lei, inclusive os militares.

 

O Expresso Vida aplaude e se solidariza aos advogados que foram agravados no exercício da profissão por militares truculentos. Sempre é bom repetir que a OAB é um instrumento preponderante para que o regime democrático permaneça vivo.

  


Roberto J. Pugliese
Presidente da Comissão de Direito Notarial e Registros Públicos da OAB.SC
 
( Foi presidente da OAB-TO-Gurupi por 2 mandatos )

Nenhum comentário:

Postar um comentário