domingo, 8 de maio de 2016

19 de Maio, dia do padroeiro dos Advogados. Santo Ivo.!


SANTO IVO, padroeiro dos advogados.

 

Os brasileiros estão vivendo um momento de aflição e muita preocupação. Principalmente os juristas e profissionais do direito, com destaque aos advogados que, cientes das leis e das conseqüências políticas permanecem atentos aos inúmeros processos e inquéritos policiais envolvendo altas autoridades do país e o tramitar do processo de impedimento da presidente da República, aplaudido por uns e condenado por outros que acusam de golpe de estado todo o procedimento político-jurídico iniciado na Câmara dos Deputados.

 

Assim, diante desse quadro, mais do que nunca os advogados católicos brasileiros devem se socorrer de seu Santo Padroeiro para pedir com muita fé que olhe pelo país e pelos juristas responsáveis pelos destinos da nação. A responsabilidade sempre será nossa. Nós os advogados que temos por missão defender a democracia, o estado de direito, direitos humanos não podemos errar.

 

Numa síntese bem apertada, insta lembrar que 19 de Maio, data que em 1303 veio a falecer, é o dia que a Igreja de Roma dedica a este jurista que nasceu na Bretagnha, estudou em Paris as artes liberais,filosofia, teologia e ciências jurídicas, tornando-se assim,  grande conhecedor das leis. Na condição em que se encontrava habilitado, foi pelo Bispo nomeado Juiz-Eclesiastico e posteriormente advogado, tendo militado em diversas regiões da França durante os anos que se seguiram até a sua morte com 50 anos de idade.

 

Ivo ao longo de sua vida, como advogado, dedicou-se especialmente às causas populares de interesse social e dos menos favorecidos da sociedade de seu tempo. Com esse perfil de militância as classes mais abastadas e elitizadas, naturalmente conservadoras e exploradoras do próximo, não o viam com bons olhos.

 

Sem se importar, no entanto, defendia com bravura no exercício da advocacia os mais frágeis naquela sociedade nobre e altiva. Foi chamado “Advogado dos Pobres”  com inúmeras passagens que relatam sua generosidade com os infelizes.

 

Enfim, vale concluir lembrando que morreu celebrando a missa da Ascensão. Na liturgia católica ele é mostrado segurando um livro, com um anjo perto de sua cabeça e um leão a seus pés. Foi canonizado em 1347.

 

O escritório Pugliese e Gomes Advocacia comemora sua fundação, conforme contrato social, na mesma data: 19 de Maio.

Roberto J. Pugliese
presidente da Comissãod e Direito Notarial e Registros Públicos.OAB-Sc

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário