sábado, 16 de fevereiro de 2019

SOLIDARIEDADE - nota de repúdio !

 
O Expresso Vida, indignado com a violência perpetrada e preocupado com os desdobramentos, transcreve a Nota de Repúdio, publicada em 16 de Fevereiro de 2019, pela AASP - Associação dos Advogados de São Paulo e clama providencias enérgicas contra os responsáveis, sejam eles quem forem.

"NOTA DE REPÚDIO:

A Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) vem a público externar sua extrema indignação com as notícias veiculadas sobre a quebra do sigilo bancário do escritório do advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira.
O Estado Democrático de Direito não comporta esse tipo de conduta abusiva contra a cidadania. O Advogado, segundo a Constituição, é indispensável à administração da Justiça e cada assaque às prerrogativas profissionais configura, sem dúvida, também uma violência aos direitos fundamentais resguardados constitucionalmente.
Liderança inconteste da Classe, presente defensor das instituições, do Estado democrático de Direito e do primado da Lei sobre o arbítrio, Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, segundo noticiado, foi informado sobre os fatos por meio de  notícia jornalística, situação que sem dúvida causa estranheza a toda comunidade jurídica.
A Associação dos Advogados de São Paulo não medirá esforços para combater abusos desta gravidade, até para que não se alastrem, a democracia não padeça e não se instale o caos.
Não compactuaremos com aqueles que insistem em agir fora das balizas do Estado democrático de Direito, desrespeitando as prerrogativas da Classe dos Advogados e o Império da Lei.
Associação dos Advogados de São Paulo – AASP "
 
Roberto J. Pugliese
Editor
Pesidente da OAB-TO-Gurupi 1990-1992 e 1992-1993

Nenhum comentário:

Postar um comentário