segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Regime democrático corre perigo.

Fumaça e Neblina: Talvez a ditadura esteja surgindo.

O Expresso Vida, na busca de entender e demonstrar o que está acontecendo nos bastidores da política, trouxe reportagem colhida da Revista Carta Capital, publicada no dia dos professores, 15 de Outubro de 2018.

O conteúdo integral está estampando no endereço eletrônico da referida revista.(  https://www.cartacapital.com.br/revista/1025/campanha-de-haddad-recebe-alerta-sobre-vigilancia-militar-pro-bolsonaro?utm_campaign=newsletter_rd_-_15102018&utm_medium=email&utm_source=RD+Station )

Em suma, o Expresso Vida pode colher que as principais peças do Comitê de Haddad tem sido monitoradas pela área de inteligência das Forças Armadas.

Segundo a reportagem, a espionagem estaria pelo general da reserva Sérgio Etchegoyen, com o objetivo de reunir informações para ajudar o capitão Bolsonaro a triunfar nas próximas eleições. O General é chefe do GSI que controla a ABIN.

O anti-petismo tomou conta do Exército e com o apoio das Forças Armadas, conforme a reportagem, o apoio ao candidato Bolsonaro, se alastrou e ajudou o povo sufragar quase o total de votos suficientes para se eleger no primeiro turno.

São muitos os militares que tem o apoio ao candidato capitão, cuja proposta é de extrema direita.

A reportagem faz referencia à queda da presidente Dilma e outros episódios, envolvendo inclusive o presidente do Supremo Tribunal Federal, que numa ação dinâmica em defesa das instituições convidou um general para assessora-lo na Corte.

Enfim, detalhes indicam o momento cruel e difícil que as instituições e o regime democrático está passando.

Roberto J. Pugliese
editor
www.puglieseadvogados.com.br
sócio fundador do Lions Clube Itanhaém Praia.

Roberto J. Pugliese

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário