quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Policiais violam direitos minimos de gestante.


VERGONHA: Violação de Direitos Humanos pelo Estado de São Paulo.

 

Sentença obriga a Fazenda Pública do Estado de São Paulo indenizar ex-detenta que foi obrigada a permanecer algemada durante os trabalhos de parto, no Hospital Estadual de Caieiras, na grande São Paulo.

 

A sentença publicada em julho último condena o Estado a pagar R$50.000,00.

 

A situação de algemas nos pés e nas mãos a parturiente foi violentada em sua honra e os servidores públicos que representavam o Estado ultrajaram a dignidade humana sem qualquer piedade à mulher e à criança nascente.

 

Lamentavel.

 

Profundamente lamentável o que se testemunha no país contemporaneamente. 

 
 
 
Roberto J. Pugliese
Titular do Instituto dos Advogados de Santa Catarina


Nenhum comentário:

Postar um comentário