domingo, 23 de dezembro de 2012

Cabelos Negros - Eduardo Dusek

 

Cabelos Negros
 

Eu quero seus cabelos negros
Nas minhas mãos
Eu quero seus olhinhos ciganos
Nos meus sonhos

Eu quero você minha vida inteira
Como doce mania
Fosse qualquer maneira
Eu queria você assim como é

Sem mentir, nem dizer
O que não quiser
Eu quero você criança
Caída no chão

Eu quero você brilhando
Brincando de mim
Pois eu quis você
Como o sol e as estrelas

Noites de lua
Nostalgia
E vou ter você
Mesmo só pra pensar

Nessas coisas de amar
Na alegria
Eu começo a descobrir
Que em meu coração

Tá nascendo um jardim
Pensando em plantar
Você dentro de mim
Pois preciso lhe ver

Várias vezes florescendo
Nas luas crescentes
Sentir seu perfume
Prá encontrar você


O Expresso Vida traz para seu requintado público a poesia e música que dispensa comentários.
 
Roberto J. Pugliese

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário