terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Palestina na Unesco - Represália de Israel.

Bandeira palestina hasteada na UNESCO

O presidente palestino Mahmud Abbas estava presente na cerimônia solene
A bandeira da Palestina foi hasteada nesta terça-feira pela primeira vez em uma organização da ONU, a Unesco, em Paris, depois da admissão da Palestina nesta organização em 31 de outubro, apesar da contrariedade e represálias dos Estados Unidos e de Israel.
O presidente palestino Mahmud Abbas estava presente na cerimônia solene, na qual o hino palestino foi ouvido, o que representa uma vitória diplomática e simbólica no caminho dos palestinos para ser reconhecidos internacionalmente como Estado.
No dia 31 de outubro, os palestinos conquistaram uma vitória diplomática de grande força simbólica e se tornaram o país número 195 da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).
A votação desagradou os Estados Unidos, que consideram que a adesão dos palestinos às organizações internacionais não pode acontecer antes da assinatura de um acordo de paz com Israel.
As autoridades israelenses também anunciaram represálias contra os palestinos.

( Colaboração Renap - Rede nacional de advogados populares )

Nenhum comentário:

Postar um comentário