quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Pai mata bebe em Volta Redonda -


Dia 10 de Novembro.

Um bebê de 10 meses morreu na quinta-feira, após ser esquecido pelo pai em um carro, no bairro de Água Limpa, em Volta Redonda, no interior do Rio de Janeiro, segundo informações da Rádio CBN. O gerente de vendas Clóvis Mantila, de 29 anos, deveria ter levado a filha Manuela para uma creche, mas esqueceu a criança no banco traseiro do carro, que ficou estacionado.

Ele chegou a ser detido, mas foi liberado após pagamento de fiança. Segundo informações do portal G1, a menina Manuella Mantila Sueth foi levada pelo próprio pai para o hospital, mas já chegou sem vida, com sinais de asfixia. De acordo com o Globo Notícia, o pai contou na delegacia que esqueceu da filha porque não tinha o hábito de levá-la à creche. Ele disse que só lembrou que havia esquecido do bebê no carro quando a mãe telefonou questionando a ausência de Manuella na creche.

- Quando o comerciante saiu para almoçar disse que não percebeu que a criança estava na cadeirinha no banco traseiro do carro, porque ela estava dormindo; devido ao silêncio, esqueceu completamente da criança – disse o delegado, baseado no depoimento de Clóvis.

O casal tem ainda um filho de quatro anos. Segundo o delegado adjunto da 93ª DP, Márcio Leandro Figueiroa, explicou que quem costumava levar Manuella para a creche eram dois funcionários de Clóvis. Porém, os dois  estavam impossibilitados de levar a bebê. Segundo o pai, ele telefonou para um amigo quando percebeu que tinha esquecido a filha no carro e pediu que ele fosse socorrer a criança, por morar mais próximo do local onde estava estacionado o veículo.

O empresário foi detido, indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar) e liberado depois do pagamento de fiança. A menina vai ser enterrada na tarde nesta sexta-feira, no Cemitério Portal da Saudade.
O Expresso Vida lamenta profundamente o que ocorreu e aguarda punição firme ao causador da  morte do inocente bebe.

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br

( Fonte: Correio do Brasil. )


 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário