sábado, 16 de fevereiro de 2013

Memória 05 - Delicado x Lembranças da TV TUPI


Memória 5– Lembranças do início da Televisão Brasileira.

Quando ele era bem pequenino, no máximo dois ou três anos, a televisão no Brasil também era nascente e estava principiando e era bem rudimentar, sem qualquer sofisticação. Os recursos técnicos eram mínimos e a improvisação  dominava superando a precariedade total.

Sua programação curta e ao vivo, tinha início por volta das 17 horas e encerrava a meia noite. Não havia tape e tudo era ao vivo. A imagem em preto e branco e precisava de alta perícia de algum adulto para sintonizar.

O que o marcou profundamente foram as propagandas e informações que eram expostas. Bem interessante.  Regularmente havia um informativo, consistente em letreiro que descia pela tela dos televisores, com escritos pretos intermináveis para que o telespectador lesse e se colocasse a par da programação do dia e outras informações. A par do letreiro, o som de Delicado, sucesso recém lançado de Waldyr Azevedo era a música que acompanhava.

Para a criança que era, tratava-se de algo muito chato. Bastante chato que memorizou para o resto da vida. Sempre que escuta o baião famoso lembra-se de sua tenra infância. Dos anos 50.

Tv. Tupi, PRF 3,canal 3 de São Paulo, por volta de 1953... ou antes.

Anos depois, ao visitar o norte de Goiás, alguns meses antes da instalação do Estado do Tocantins, em Porto Nacional, no hotel que se encontrava, ao ligar a TV, se deparou novamente com os letreiros que corriam e também com avisos fixos no vídeo, sem qualquer som. Nem o baião do saudoso Valdir Azevedo.

Enfim, essa lembrança ainda permanece e a tem com saudades.

Roberto J. Pugliese
Autor de Direito das Coisas, Leud
Membro da Academia Itanhaense de Letras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário