quinta-feira, 8 de março de 2012

Descredito no Brasil um país INJUSTO !

Movimento dos atingidos pelas barragens MAB apoia trabalhadores da Usina Hidroelétrica de Garibaldi que iniciou movimento em razão das más condições de trabalho em que se encontram.


Revoltados, trabalhadores ateiam
fogo em alojamento da usina hidrelétrica de Garibaldi, em Santa
Catarina.
Na madrugada de 8 de Março, centenas de
trabalhadores da usina hidrelétrica de Garibaldi atearam fogo nos alojamentos do
canteiro de obras em protesto às péssimas condições de trabalho e baixos
salários.

Paralisaram as atividades e ocuparam o
canteiro.

O MAB apoia as mobilizações dos trabalhadores para que tenham seus
direitos trabalhistas respeitados.

A situação se tornou insustentável.

Observa-se que o país cresce por fora, porém direitos básicos que constituem a dignidade das pessoas, a melhoria de vida das massas populares, dos trabalhadores braçais, está como outrora, sem a devida preocupação dos donos do capital, dos empregadores e daqueles que manipulam os interesses populares.

A inércia ou a demora de ação das autoridades competentes leva a impunidade e a baixa qualidade de vida, não apenas no sul, como se ve em Santa Catarina, mas em todo o país.

As áreas lindeiras às represas são invadidas pelas águas e ocupadas pelas empresas hidroeletricas. O proprietário da terra se ve obrigado a abandonar seu teto, seu trabalho e imigrar para as cidades, inchando de pessoas desorientadas. Os processos de desapropriações levam anos parados nos foruns e tribunais. Depois os precatórios não são pagos e uma ou mais gerações são abandonados a propria sorte.

Essa história se repete no país, que a cada dia que passa, tem menos patriota e gente que acredita no potencial do país e descre dos poderes públicos.

O Expresso Vida é solidário a todo movimento que segue junto em defesa de direitos naturais mínimos em expressão da dígnidade humana.

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário