sábado, 17 de março de 2012

TRES VEREADORES AFASTADOS - corrupção !!!

Juíza afasta três vereadores em
Ilhabela


A Juíza Distrital de Ilhabela, Dra.Antonia Maria
Prado de Melo, sentenciou,
liminarmente, Ação Civil Pública,
por ato de improbidade administrativa,
ajuizada pelo Ministério
Público local, em face de vereadores
e motoristas do legislativo
local, alvos de sanções previstas
na Lei 8.429/92, artigo
12, inciso I.

Envolvidos CarlosAlberto de Oliveira Pinto, Erick
Pinna Desimone, Roberto Lourdes
do Nascimento, Luiz Mário
de Almeida Matarazzo, Jovelino
Pereira Brito, Márcio Garcia de
Souza e Jadiel Vieira (vereadores)
e Antonio Ângelo de Araujo,
Edilan Rodrigues de Oliveira,
Rogério da Silva, servidores públicos,
mais os representantes legais do Stela Novo Hotel Ltda.,
da capital paulista.

Após investigações do
MP, apurou-se que, por 162 vezes
houve atuação continuada,
lançando-se nas prestações
de contas notas fiscais tidas
como falsas, discriminando-se
despesas de hospedagem e refeições
inexistentes, ensejando
o fulcro da Ação Civil Pública
impetrada, requerendo o Ministério
Público o afastamento
dos edis envolvidos.

Após acurado exame, a
MM. Juíza da Vara Distrital deferiu
o pedido liminar, em parte,
afastando, sem prejuízo de subsídios,
os vereadores Luiz Mário de Almeida
Matarazzo, Márcio Garcia
e Jadiel Vieira.

Os vereadores serão
notificados e a decisão deverá
ser publicada no Diário Oficial
do Estado, com prazo para recurso
a partir dessa data.

Interessante, enquanto no litoral sul, a prefeita é afastada por corrupção, da prefeitura de Barra do Turvo, no litoral norte, tres vereadores e servidores também são afastados pela mesma razão. Em São Paulo observa muita corrupção, porém, ao contrário de outros lugares do país, se ve a Justiça atuar com retidão e rapidez.

Roberto J. Pugliese
www.pugliesegomes.com.br

( Colaboração Jornal Canal Aberto, de São Sebastião, Sp )

Nenhum comentário:

Postar um comentário